24 de April, 2024
SIMULACRO no Aeródromo pôs Cascais em alvoroço
Destaques Segurança

SIMULACRO no Aeródromo pôs Cascais em alvoroço

Mar 26, 2024

Por Redação | 12h10

Apesar do aviso nas redes sociais, sobretudo do município, de que esta terça-feira, de manhã, haveria um simulacro no Aeródromo Municipal de Tires, colunas dos cinco corpos de bombeiros do concelho, em marcha de emergência, com as respetivas sirenes, causaram algum alvoroço entre a população menos informada.

Este exercício visou testar o plano de emergência aeroportuário de Tires, com um alegado incêndio numa aeronave.

Segundo o município, o Plano de Emergência prevê o recurso a meios externos, tornando-se necessária a realização de ações de sensibilização ao pessoal interveniente e subsequente familiarização com o mesmo, tendo como objetivo primordial levar a bom termo a condução das operações de socorro, em acidentes de quaisquer proporções.

O simulacro, que teve início pelas 9h30, prolongando-se até às 15h30, conta com a participação de diversas entidades, serviços e organizações, que intervirão de acordo com as suas responsabilidades na operacionalização do Plano de Emergência do Aeródromo Municipal de Cascais.

Autoridade de Saúde de Cascais; Autoridade Nacional Emergência e Proteção Civil; Polícia Municipal de Cascais; Autoridade Tributária e Aduaneira; Corpos de Bombeiros; Instituto Nacional de Emergência Médica; Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses; Operadores das aeronaves (Aeromec e Sevenair); Polícia de Segurança Pública; Polícia Judiciária; Serviço de Meteorologia (IPMA); Serviço de Operações Aeroportuárias; Serviço de Salvamento e Luta Contra Incêndios; Navegação Aérea E.P.E (NAV); Serviço Municipal de Proteção Civil de Cascais; Unidade de Ação Fiscal (GNR) e Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), foram as entidades com intervenção direta neste exercício.

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *