24 de April, 2024
ANTIGO skinhead internado em ala psiquiátrica depois de agredir vizinho à machadada na Parede
Segurança

ANTIGO skinhead internado em ala psiquiátrica depois de agredir vizinho à machadada na Parede

Fev 12, 2024

O antigo alegado skinhead Pedro Grilo encontra-se internado na ala psiquiátrica do Hospital Prisão de Caxias, depois do Tribunal de Cascais ter confirmação a prisão preventiva pela agressão à machadada de que há dias foi vítima um vizinho, na Parede, apurou Cascais24Horas.

Pedro Grilo foi detido menos de 72 horas depois da agressão, quase fatal ao vizinho, por agentes da Esquadra de Investigação Criminal (EIC) da PSP de Cascais, que lhe confiscaram no apartamento uma faca com 15 cm de lâmina e dois machados, um dos quais o usado na agressão.

Com conflitos quase permanentes com os vizinhos do edifício onde vive, Pedro Grilo “sofrerá de surtos psicóticos”, segundo disse, a Cascais24Horas, fonte judicial.

Pedro Grilo, atualmente com 52 anos, tornou-se num nome mediático aos 19 anos, quando, a 28 de outubro de 1989, participou em grupo numa rixa durante a qual foi assassinado José Carvalho, dirigente do Partido Socialista Revolucionário (PSR) à porta do partido, na rua da Palma, em Lisboa.

Julgado e condenado a 12 anos de prisão, Grilo acabaria, no entanto, por ver reduzida pelo Supremo Tribunal de Justiça a pena para menos de um ano, graças a um recurso interposto à época pelo seu advogado José António Barreiros.

Pedro Grilo viria, porém, a protagonizar em 1991 uma fuga do Estabelecimento Prisional do Linhó, onde cumpria a pena.

Durante a fuga, Pedro Grilo viria, em entrevista à RTP, a dizer-se “inocente” pela “forma grosseira” em que o dirigente do PSR foi morto, com o advogado a assegurar ter-se tratado de “um erro judiciário”.

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *